Fábrica Escola Irmãos Stephens

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Fábrica Escola Irmãos Stephens

Detalhes do registo

Nível de descrição

Secção   Secção

Código de referência

PT/FCT/INII/FEIS

Tipo de título

Formal

Título

Fábrica Escola Irmãos Stephens

Datas de produção

1962  a  1977 

Dimensão e suporte

Documentos textuais: papel, A4

Extensões

0,72 Metros linear

História administrativa/biográfica/familiar

A Fábrica Escola Irmãos Stephens (FEIS), foi fundada em 1769 pelos irmãos João Diogo e Guilherme Stephens. A fábrica beneficiou do apoio do Secretário de Estado do Reino de D. José I, o Marquês de Pombal, no seu esforço de incremento da produção nacional e de proteção da concorrência estrangeira, tendo este cedido madeira do pinhal de Leiria para a sua laboração. Os proprietários estabeleceram residência no perímetro da fábrica e após a morte de João Diogo Stephens em 1826 passou por testamento para a posse da "Nação Portuguesa". Entre 1827 e 1919 conheceu diversos arrendatários e a partir desse ano o governo passa a explorá-la através de Comissões Administrativas. Entre 1926 e 1970 foi administrada por Acácio Calazans Duarte, tendo privilegiado o desenvolvimento tecnológico e a formação de aprendizes. Em 1954 dá-se uma nova reformulação, na sequência da publicação de um novo regulamento, transformando-se num centro de desenvolvimento da indústria vidreira, passando a designar-se como Fábrica Escola. Em 1957 passa a ser superintendida pelo Instituto Nacional de Investigação Industrial (INII) e em 1967 foi assegurado à Fábrica-Escola Irmãos Stephens, ser um serviço externo, tendo uma administração e um quadro de pessoal superior de acordo com as exigências da gestão de uma unidade fabril moderna.No período pós-revolução passa para o estatuto de Empresa Pública (1977), conhecendo diversas administrações até ao seu encerramento no ano de 1992. Desde 1994 que se inicia o seu processo de transformação numa estrutura museológica, de testemunho da indústria vidreira, tendo sido inaugurada em 1998.

Localidade

Praça Guilherme Stephens, Marinha Grande.

Estatuto legal

Serviço externo do INII nos termos do artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 42120 de 1959.

Funções, ocupações e atividades

A Fábrica Escola Irmãos Stephens, considerado o primeiro serviço externo do INII, dedicou-se à produção de vidros e cristais.

Mandatos/fontes de autoridade

Decreto-Lei n.º 39840/54, de 4 de outubro de 1954, Determina que a Nacional Fábrica de Vidros da Marinha Grande passe a denominar-se Fábrica-Escola Irmãos Stephens.Decreto-lei 194/77, de 14 de maio de 1977, aprova o Estatuto da Fábrica-Escola Irmãos Stephens, E. P..

Âmbito e conteúdo

Contém documentação relativa à situação financeira da fábrica-escola e aos projetos de ampliação desta.

Idioma e escrita

Em português (por), contendo documentos em outras línguas, nomeadamente inglês (eng), francês (fra) e espanhol (spa).